PUBLICIDADE
SALA DE IMPRENSA
Sem “Ponto Facultativo”, lojas abrem normalmente
Marcio C. Medeiros
12/02/2021
Lojas do comércio de Pompeia abrem até as 15 horas de sábado e normalmente na segunda, ter e quarta-feira - Foto: Aquivo: Varejo 120221

Pela primeira vez na história do comércio da cidade de Pompeia este ano o varejo funcionará no feriado do Carnaval e da Quarta-feira de Cinzas, que não serão “ponto facultativo”, e assim sendo, as lojas abrirão normalmente nos dias 15 (segunda-feira), 16 (terça-feira de Carnaval) e 17 (Quarta-feira de Cinzas), diferentemente dos anos anteriores em que o comércio pompeiano fechou no dia todo na terça-feira e abria meio período na quarta-feira. “Sem o ponto facultativo nas repartições municipais e estaduais, o comércio terá funcionamento normal”, disse o presidente da Associação Comercial e Empresarial de Pompeia, Rinaldo José Traskini, ao solicitar ampla divulgação entre os comerciantes da cidade, para que os consumidores estejam bem informados sobre este comportamento atípico. “É preciso que essa informação seja de conhecimento do consumidor, para valer a pena”, ressaltou o dirigente de Pompeia. 

O sábado, dia 13, o funcionamento do comércio em Pompeia será das 9 as 15 horas o que deverá intensificar o movimento nas principais lojas do centro comercial da cidade. “Mas é preciso tomar muito cuidado e respeitar os protocolo de defesa contra a contaminação”, avisou o dirigente ao repetir as orientações com o uso obrigatório das máscaras faciais, bem como a higienização pessoal e do local de atendimento. O distanciamento é outra orientação importante para que a região consiga se elevar para a Fase 3, a Amarela, em que a flexibilidade é maior e a desenvoltura do comércio mais ampla. “Não podemos continuar com limitações”, disse Rinaldo José Traskini que é contra esse modelo imposto pelo Governo do Estado de São Paulo que prejudica o comércio com o fechamento compulsório. “Está mais do que comprovado que as aglomerações não acontecem por causa do comércio”, afirmou ao apontar os encontros coletivos clandestinos e as comemorações das mais diversas, como sendo os principais focos de disseminação do vírus. “O comércio está disciplinado e serve, inclusive, como agente de saúde pública”, comparou ao exigir o rigor dos protocolos para se evitar multas de desrespeito. 

Para Rinaldo José Traskini com o avanço da vacinação o raio de atuação da contaminação vai diminuir gradativamente e com isso a cidade recuperará o direito de abrir o comércio de forma livre, como era anteriormente a Pandemia. “É uma questão de tempo, mas não podemos baixar a atenção, pois, o que de pior pode acontecer com o comércio é o fechamento na Fase Vermelha”, disse em tom de preocupação, apesar de admitir ser cada vez mais difícil o retrocesso. “Isso só acontecerá se a população não ficar atenta”, falou ao acreditar na pouca probabilidade de acontecer. “Quanto mais pessoas vacinadas, menor a incidência do vírus propagar-se”, disse ao acreditar em uma recuperação rápida do comércio de Pompeia que vem procurando se manter a duras custas. “Agora vamos aguardar uma ajuda governamental para que consumidores e comerciantes possam superar a crise sem estresse com o fechamento de lojas”, disse ao aguardar algo neste sentido por parte dos governos estadual e federal. “Se nada for feito neste sentido, temo por fechamento de loja, desemprego e queda na arrecadação de tributos”, falou preocupado.

Mais de Sala de Imprensa
PUBLICIDADE
© 2021 YesMarilia - Notícias, entretenimento e prestação de serviços. Todos os direitos reservados