PUBLICIDADE
SALA DE IMPRENSA
Salve o Planeta Terra é beneficiado pela fundação dos rotarianos
Marcio C. Medeiros
12/02/2021

Depois de beneficiar o Restaurante Infantil e o Banco de Leite Humano, agora foi vez do Instituto Salve o Planeta Terra, todos da cidade de Marília, a ser beneficiado pela The Rotary Foundation, através dos rotarianos que fazem parte do Rotary Club de Marília-Pioneiro, no Distrito 4510 do Rotary International, que elaboram um projeto de subsídio distrital, no valor total de R$ 8.181,30, envolvendo as três entidades beneficiadas pela fundação dos rotarianos. “Esta indicação veio dos jovens que fazem parte do nosso Rotaract”, disse a presidente do clube rotário mariliense, a funcionária pública, Maura Amábile Betti Fagundes de Queiroz, ao promover a entrega de um microcomputador e acessórios, para o Instituto Salve o Planeta Terra, e concluir todo o processo interno e de prestação de contas sobre o subsídio recebido. 

De acordo com a tesoureira do Rotary Club de Marília-Pioneiro, a industrial, Vera Lúcia Marques da Costa, deste valor total R$ 8.181,30 beneficiando as três entidades, a quantia de R$ 1.888,00 foi feita pelo próprio clube e o restante pela fundação dos rotarianos, que investiu um valor total de R$ 237.049,75 em 61 clubes rotários da região centro-oeste paulista e em mais de 20 grupos de jovens entre Rotaract e Interact que indicaram instituições a serem beneficiadas, como foi o caso do Rotaract Club de Marília-Pioneiro que indicou o Instituto Salve o Planeta Terra. “Somente a cidade de Marília foi beneficiada com R$ 33.210,50 envolvendo os oito clube rotários da cidade”, contabilizou a rotariana ao ter em mãos a relação da distribuição da verba total encaminhada pela The Rotary Foundation. “Em média cada clube acrescentou mais 30% deste valor, chegando a um valor superior a R$ 40.000,00”, acrescentou a rotariana. 

O Instituto Salve o Planeta Terra foi criado sem fins lucrativos, da iniciativa privada, fundada em 17/08/08, com independência administrativa e financeira, caracterizada como organização da sociedade civil de interesse público (OSCIP), com estatuto próprio, tendo como base a Lei Federal N° 9790/99, de 23/03/99 e pelo decreto federal N°3.100/99, de 30/06/99. O objetivo do instituto mariliense é promover ação efetiva através da educação e práticas ambientais produtivas, com capacitação e formação através de cursos, palestras para a preservação do meio ambiente a partir do desenvolvimento sustentável, com busca de articulações junto as autoridades constituídas visando uma ação mais efetiva no meio ambiente de forma integrada e sustentável facilitando o processo de aprendizado individual e coletivo. “Eles atuam como entidade interventora e fiscalizadora a todo tipo de degradação ambiental”, lembrou a cirurgiã-dentista, Norma Sueli Gonçalves Reche, coordenadora da Comissão da Juventude no Rotary Club de Marília-Pioneiro. “Além disso, o instituto quer ser instrumento dinâmico de apoio a capacitação, participação e da ética no desenvolvimento e na preservação do meio ambiente”, acrescentou a rotariana, satisfeita com a indicação dos jovens beneficiados pelo clube rotário mariliense.

Mais de Sala de Imprensa
PUBLICIDADE
© 2021 YesMarilia - Notícias, entretenimento e prestação de serviços. Todos os direitos reservados