PUBLICIDADE
SALA DE IMPRENSA
Hospital adota sistema de “home office”
Marcio Medeiros
04/05/2020
Alair Mendes Fragoso, da Santa Casa de Pompeia, garante atendimento e gestão, mesmo adotando o “home office” - Foto: ARQUIVO: Alair 040520

A diretoria da Santa Casa de Pompeia está adotando o sistema de “home office” com alguns funcionários da área administrativa, como forma de diminuir o trânsito de pessoas na maior e mais complexa instituição de saúde da cidade. “A proposta é preservar a vida dos funcionários neste período de pandemia”, disse o provedor do hospital pompeiano, Alair Mendes Fragoso, ao direcionar inicialmente sete funcionários para este tipo de atividade. “Ainda estamos analisando a possibilidade de envolver mais pessoas de outros setores”, falou ao aguardar para os próximos dias as medidas a serem adotadas pelo Governo do Estado de São Paulo. “A pandemia exige a reclusão doméstica e dentro do possível estamos acomodando o hospital a resguardar a proteção aos nossos funcionários, mesmo sendo segmento considerado essencial”, falou o dirigente que não descarta aumentar o número de colaboradores neste sistema de trabalho nas residências.

Dentro do plano de adequação, Alair Mendes Fragoso elogiou a performance dos aproximadamente 60 funcionários da Santa Casa de Pompeia que estão tendo um comportamento exemplar dentro dos treinamentos de capacitação, conscientização e mudanças de comportamento por causa da pandemia do Covid-19. “É motivo de elogio ver o quanto eles estão se dedicando nesta época delicada que estamos vivendo”, falou ao parabenizar os funcionários de todos os setores hospitalares. “Desde o mais simples ao mais complexo dos trabalhos realizados, todos estão se dedicando de forma admirável”, resumiu ao apontar os profissionais das áreas de: Recursos Humanos, Financeiro e de Faturamento, para as atividades iniciais de “home office”. “Estamos realinhando algumas atividades no sentido de evitar ao máximo o trânsito de pessoas dentro do hospital, em todos os sentidos”, repetiu.

Apesar de não ter nenhum caso de internação pelo Covid-19 na Santa Casa de Pompeia, o hospital criou um protocolo de atendimento, além de reserva de área para os primeiros cuidados, e material de segurança para os profissionais da área da saúde disponível. “Dentro das nossas limitações e possibilidades, estamos devidamente preparados e a cada dia mais capacitados”, garante o dirigente hospitalar pompeiano que ao mesmo tempo que prepara a instituição para o atendimento especial aos pacientes do Covid-19, ou suspeitos, prepara também o hospital para receber em breve pacientes de outras cidades, com enfermidade diferente, para a liberação de leitos específicos para atendimento aos contaminados pelo Covid-19 em hospitais da região. “Temos seis leitos prontos e reservados para este tipo de situação”, avisou ao manter contato com a Divisão de Higiene e Saúde de Pompeia sobre o assunto.

Para Alair Mendes Fragoso o trabalho em conjunto com a Prefeitura Municipal é fundamental neste combate a pandemia. “É um trabalho que envolve a Prefeitura e a Unimed, com atendimento na Santa Casa”, falou ao explicar que o primeiro atendimento é feito no hospital pompeiano e dependendo da situação o paciente é monitorado na própria residência ou pelos convênios público ou privado. “Nossa equipe está preparada para todo e qualquer tipo de atendimento”, garante o provedor da Santa Casa de Pompeia que vem acompanhando os noticiários e o comportamento do Governo do Estado e da doença. “É tudo muito novo, mas dentro do quadro atual, temos condição de atender a população em qualquer situação”, tranquilizou.

Mais de Sala de Imprensa
PUBLICIDADE
© 2020 YesMarilia - Notícias, entretenimento e prestação de serviços. Todos os direitos reservados